voltar para o inícioVoltar para o ínicio
thumb
  • Inovação
  • Startups

5 passos para reduzir custos na construção civil

  • autoradminvedacit
  • data26 de junho de 2021
  • duração 4 minutos

Em épocas de crise, é comum que as empresas busquem a redução de custos e no setor da construção civil não é diferente. Se você busca soluções e alternativas para diminuir os gastos nos seus empreendimentos, confira 5 passos para reduzir custos na construção civil.

Responsável por 6,2% do PIB nacional, o setor de construção civil movimenta bilhões de reais todos os anos no Brasil e representa 34% do total da indústria brasileira. Porém, com a chegada da crise econômica e mais recentemente da crise do coronavírus, o setor tem vivido altos e baixos. Por isso, se você busca soluções e alternativas para reduzir custos nos seus empreendimentos, é necessário ter em mente que assim como em qualquer planejamento financeiro, a redução de custos na construção civil exige análise.

Ao identificar quais são os custos mais elevados, é possível que construtoras e empresas do setor tenham uma visão holística sobre a performance dos seus projetos, incluindo informações ainda mais detalhadas como, produtividade, gastos e ganhos, por exemplo. 

Além dos custos habituais de um projeto, o que muitas empresas acabam não se atentando são os gastos que passam despercebidos e não são mensurados no projeto e no dia a dia da obra. São eles, porém, um dos grandes fatores de desperdício de materiais, retrabalho, baixa produtividade, acidentes e prejuízos em geral. 

Diminuir os custos na construção civil exige que a construtora considere as diferentes etapas dos projetos, que incluem desde a criação do projeto em si ainda no escritório, passando pelo dia a dia no canteiro de obras, até a efetiva entrega final do empreendimento. 

Para entender melhor como reduzir os custos na construção civil, preparamos 5 passos. Confira:

Custo X Investimento: como a inovação acelera a redução de custos?

Um dos grandes erros ao deixar de investir em tecnologia construtiva, está em acreditar que o investimento gera mais custos do que benefícios. Isso ocorre porque geralmente esse tipo de decisão é feita sem uma análise real dos custos que estão sendo demandados, além do lucro que se deixa de obter ao não investir em tecnologia construtiva. 
A falta de visão estratégica por parte da gestão das empresas do setor pode levar a crer que o investimento é um custo ao invés de compreender que é justamente o oposto: uma redução de gastos a médio e longo prazo.

Além disso, para que haja, efetivamente, uma redução dos custos na construção civil, o foco também deve estar em como melhorar a performance e a produtividade, afinal, a alta produtividade está fortemente atrelada à redução de custos.

Conheça 5 maneiras soluções para reduzir os gastos na construção civil

1. Invista em tecnologia

Visando modernizar e melhorar ainda mais a qualidade dos empreendimentos no setor, as tecnologias construtivas estão sendo cada vez mais utilizadas por construtoras do mundo todo, tornando-se um excelente investimento que oferece bom custo-benefício. 

Responsáveis por garantir mais previsibilidade, detalhamento do projeto, produtividade, as tecnologias construtivas, tais como: Steel frame, BIM, pré-moldados e robôs de construção, permitem que as construtoras e empresas do setor de construção civil possam se destacar frente à concorrência e ganhar muito mais competitividade de mercado. 

Além dos benefícios citados, é comprovado que o investimento em tecnologia reduz custos na construção civil, desde a automatização de processos, diminuição de mão de obra, aumento de produtividade, melhor utilização de recursos naturais, além dos materiais empregados nas obras.

2. Utilize os materiais certos 

A redução de custos, principalmente no que se refere à obra em si, passa pela análise dos materiais que são utilizados em campo. Isso porque, um dos principais desafios enfrentados na construção civil é o desperdício de materiais, o que impacta diretamente nos gastos totais do projeto e, consequentemente, de toda a empresa.

De acordo com o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC): “os gastos com materiais e equipamentos de construção civil aumentaram 4,38%, em fevereiro de 2021, maior índice desde novembro de 2002, com 4,41%. Em todo o território brasileiro, os custos com insumos aumentaram 17,72%.”

Como existem diversas opções de materiais no mercado de todos os preços e marcas, é comum que as empresas acreditem que utilizar materiais mais baratos pode ser um dos passos para reduzir os custos na construção. Porém, ao utilizar materiais inadequados e de má qualidade, são ainda maiores as chances de gastos do que de economia em si. 

Os materiais de menor preço costumam apresentar baixa qualidade, não oferecendo o acabamento desejado e, muitas vezes, necessitando de retrabalhos, ou, no pior cenário, refletindo diretamente na reputação das empresas, ao entregar um empreendimento que não atenda ao padrão mínimo.

Portanto, para economizar, o segredo consiste em realizar um bom planejamento e orçamento durante todo o andamento do projeto. Como abrir mão da qualidade fornecida por meio de bons materiais não é a solução, opte por fazer o melhor uso dos materiais. 

3. Otimize processos e aumente o controle de dados

É fato que a indústria da construção civil necessita, cada vez mais, de documentação. É por meio da documentação de processos, etapas e ações que as empresas do setor conseguem otimizar seus processos e obter mais controle sobre os dados.

Ao digitalizar documentos, como os projetos de obras, por exemplo, é possível reduzir os custos administrativos. Além disso, a escolha de uma plataforma de gerenciamento de documentos eficaz e colaborativo auxilia na melhora da eficiência. 

Ao investir na otimização de processos e na coleta de dados, é possível criar relatórios mais dinâmicos e assertivos para visualizar exatamente onde ocorrem as despesas mais significativas da empresa e antecipar prejuízos.

Ademais, um sistema que auxilia no controle de informações e dados sobre os projetos, possibilita que todos os membros da sua equipe, estejam eles alocados no escritório ou no canteiro de obras, possam acessar, editar e trabalhar mais facilmente com qualquer projeto, em tempo real.

4. Elimine os projetos defasados para reduzir custos na construção civil

Projetos obsoletos têm se tornado, cada vez mais, prejudiciais para as empresas da construção civil. Para se ter uma ideia, um único projeto obsoleto executado pode chegar a gerar um prejuízo de milhares de reais.

Embora seja muito comum, o controle de impressão desses projetos no setor da construção civil pode apresentar uma série de desafios para a gestão de uma obra.

Por serem constantes, as alterações nos projetos — principalmente durante o andamento da obra — fazem com que os projetos impressos rapidamente se tornem obsoletos. A cada nova atualização, são necessárias novas impressões dos projetos, dificultando o controle para retirada dos projetos defasados em obras.

A Construtora Diagonal, por exemplo, eliminou 95% da impressão de projetos ao adotar a solução da Construcode. 

5. Torne os seus projetos mais sustentáveis

A sustentabilidade deve ser uma preocupação constante quando falamos em construção civil. 
O excesso de uso de materiais, o desperdício e o impacto que uma obra gera no meio ambiente, são assuntos que têm preocupado diversas empresas e organizações do setor. Por isso, é essencial investir em projetos mais sustentáveis não apenas para reduzir os custos na construção civil, como também para garantir a prática de atitudes sustentáveis na corporação. 

Assim, uma boa solução para ambas as necessidades, consiste em reduzir a utilização de papel nos projetos e obras.

 

Conteúdo desenvolvido por ConstruCode.

Compartilhe esse conteúdo

Conteúdos relacionados

Acesse todos os conteúdosAcesse todos os conteúdos
Faça parte

Vamos juntos fazer o futuro da construção civil?

Converse com nossos especialistas e conheça as soluções que mais se adequam ao momento da sua empresa.

falar com um especialista Falar com um especialista
scrollvoltar ao topo